Início Região SINTRA: Parques e Monumentos celebram com música

    SINTRA: Parques e Monumentos celebram com música

    Parques e monumentos de Sintra celebram outubro com música Setecentista

    – “Noites de Queluz – Tempestade e Galenterie” abrem Temporada de Música 2017/2018

    – “Domingos ao Piano” no Palácio de Monserrate

    – “Arte da Guerra Medieval” no Castelo dos Mouros

    – “O Tesouro do Rei” regressa ao Palácio Nacional de Sintra

    Outubro chega aos parques e monumentos de Sintra carregado de música. Para aproveitar os dias ainda apetecíveis de outono, com a natureza pintalgada de castanho e dourado, não vão faltar programas para todos os gostos e idades.

    No dia 27 de setembro, as “Noites de Queluz – Tempestade e Galenterie” regressam ao Palácio Nacional de Queluz. Este ciclo de música marca o início da 4ª Temporada de Música Erudita, uma iniciativa conjunta da Parques de Sintra e do Divino Sospiro – Centro de Estudos Musicais Setecentistas de Portugal, que contempla também os ciclos “Serões Musicais no Palácio da Pena” e “Reencontros – Memórias Musicais do Palácio de Sintra”.

    Com direção artística de Massimo Mazzeo, as “Noites de Queluz” propõem sete concertos que incluem repertórios criteriosamente ajustados ao contexto histórico do monumento, numa viagem pelas sonoridades do período Setecentista. O ciclo termina a 29 de outubro com a estreia mundial moderna da serenata “Il Natal di Giove”, de João Cordeiro da Silva.

    No domingo, 1 de outubro, Dia Mundial da Música, decorre a última edição de 2017 dos “Domingos ao Piano”. No Palácio de Monserrate, o pianista Raúl Pinto apresenta-se na Sala da Música a tocar piano, entre as 15h00 e as 17h00. Esta iniciativa, apresentada num formato descontraído, pretende recriar o ambiente histórico e estético nas visitas a Monserrate. Ao longo de duas horas serão interpretadas obras do período romântico, de compositores como Chopin, Schubert, Brahms, Beethoven ou Mozart. Um programa perfeito

    No sábado, 7 de outubro, última oportunidade para assistir à recriação histórica “Arte da Guerra Medieval”, no Castelo dos Mouros, das 10h00 às 18h00. A temática dos Besteiros do Conto, desde as suas obrigações milicianas, aos seus privilégios e obrigações reais, servirá de enquadramento a esta iniciativa, que colocará em campo um pequeno conto de besteiros, uma unidade liderada pelo seu anadel, devidamente equipada. O público terá ainda oportunidade de manusear o equipamento utilizado nas demonstrações, sob supervisão qualificada.

    Já no domingo, 22 de outubro, às 15h00, regressa a atividade “O Tesouro do Rei” ao Palácio Nacional de Sintra. Neste jogo de pistas, recomendado para famílias com crianças a partir dos oito anos, os participantes são convidados a desvendar enigmas, a completar tarefas para descobrirem onde está guardado o tesouro do rei e a descobrir a história do monumento de uma maneira diferente e emocionante.