Início Lifestyle XANTAR: Gastronomia e Vinho como dinamizadores rurais

    XANTAR: Gastronomia e Vinho como dinamizadores rurais

    O rural justifica seu espaço em Xantar, tanto por ser fornecedor de produtos nativos quanto por oferecer um tipo diferente de turismo, com ajuste sazonal e de qualidade. Esse foi o fio principal do ato central do segundo dia da sala presidido pelo delegado territorial da Xunta de Galicia, Marisol Díaz, e no qual os prefeitos da Parada de Sil e Viana do Bolo, que tiveram o dia dedicado uma chamada para retornar ao campo para avaliar tudo o que ele tem a oferecer. Também hoje foi o dia dedicado à Câmara Municipal de Vila Real, cidade irmã portuguesa com a de Ourense que participa de Xantar desde a primeira edição; e da Câmara de Vila Nova de Famalicão, que retorna ao salão com força após vários anos de ausência nele.

    XantarXantar é também o local escolhido para a apresentação de destinos únicos perante profissionais de turismo e mídia de diferentes partes da Espanha e Portugal. Foi o caso do INORDE que aproveitou sua participação no salão para apresentar as Xeodestino “Terras de Celanova – Serra do Xurés”. A apresentação foi feita pelo presidente do INORDE, Rosendo Fernández, que foi cercado por muitos dos prefeitos dos 14 municípios que compõem esse novo geodestino que combina a oferta de turismo cultural, térmico e natural nas regiões da Terra de Celanova e da Baixa Limia.

    E como de costume há 16 anos, a quinta-feira Xantar é o dia dedicado às Irmandades Gastronômicas e Enófilas, essas sociedades gastronômicas realizam um trabalho importante em relação à recuperação de produtos e pratos tradicionais; à edição de livros, catálogos e receitas sobre produtos nativos; bem como sua grande contribuição para a conservação da cultura e tradição gastronômica de vilas e cidades. Nesta 16ª reunião, participaram mais de 40 irmandades da Espanha, Portugal e França.

    XantarNEGÓCIOS

    Hoje foi realizado o IV Workshop de Turismo Gastronômico de Xantar, que reuniu 12 agências de viagens especializadas em turismo e gastronomia na Espanha, Noruega e Portugal no Expourense com representantes do turismo dos destinos presentes na feira.Mais de 300 foram realizados em Tatal compromissos de negócios.

    O segundo dia do Xantar 20120 continuou com um intenso programa de atividades nas quais as três salas de aula gastronômicas, nas quais participam chefs de 6 países e a sala de degustação, ficaram lotadas durante todo o dia. Entre os que foram realizados hoje, destacou-se o workshop para crianças em idade escolar sobre os sabores do mar, organizado pela ANFACO-CECOPESCA, organizado pelo Departamento de Mar.

    Durante todo esse segundo dia, também foram realizados o quarto e último semifinal do VIII Concurso de Culinária do Ano e o IV Concurso de Garçom do Ano. Oito chefs e cinco garçons da Galiza, Astúrias, Cantábria, Euskadi, La Rioja e Navarra competiram para chegar à final nacional a ser realizada em abril de 2020, na Feira de Alimentos de Barcelona. A cerimônia de premiação será hoje à tarde, às 19h30. O júri destaca a presença da professora de pastelaria Betina Montagne, júri do programa “Bake off”; o crítico gastronômico Carlos Capel; o vice-campeão da primeira edição deste concurso, chef Flavio Morganti; ou os membros da Associação Cociña Ourense, Miguel González e Marco Varela.

    Xantar