Início Desporto GOLFE: João Girão dá o melhor a Portugal no Chile

    GOLFE: João Girão dá o melhor a Portugal no Chile

    14.º CAMPEONATO AMADOR SUL-AMERICANO

    João Girão dá o melhor a Portugal com primeiro top-10 em cinco participações da seleção nacional

    Numa edição realizada no Club de Golf Los Leones, em Santiago do Chile, João Girão terminou nos 8.ºs e Pedro Lencart nos 22.ºs para a melhor prestação lusa no evento

    João Girão alcançou neste domingo a melhor classificação de um português no 14.º Campeonato Amador Sul-Americano, que decorreu em quatro voltas no Club de Golf Los Leones (Par 72), em Santiago do Chile, no Chile.

    O jogador do Oporto Golf Club, em Espinho, atualmente a representar os Warhawks da University of Louisiana at Monroe (ULM), nos EUA, terminou empatado no oitavo lugar com mais quatro jogadores, entre 75 concorrentes de mais de 20 nacionalidades.

    Junte-se-lhe o 22.º posto de Pedro Lencart e está encontrada a receita para a melhor prestação da seleção nacional desde que em 2015 fez a sua primeira participação neste evento pontuável para o ranking mundial e sancionado pelo Royal & Ancient Golf Club of St. Andrews.

    Pedro Lencart e Vítor Lopes eram os anteriores “donos” da melhor marca nacional, ambos com o 12.º lugar, o primeiro em 2018, o segundo em 2015, neste caso na primeira participação lusa na competição. Tomás Silva foi 13.º em 2016.

    Depois de ter iniciado a última volta na 9.ª posição, João Girão chegou a ocupar o quarto lugar ao concluir os primeiros nove buracos com 3 abaixo do Par, cortesia de birdies nos buracos 2, 3 e 7.

    Não lhe correu tão bem a segunda metade da volta, na qual marcou quatro bogeys (10, 11, 14 e 15) e mais um birdie (16), mas o 72 final permitiu-lhe subir um lugar na tabela a fechar.

    E, com um total de 286 (73-72-69-72), 2 abaixo do Par, partilhou o oitavo posto com o canadiano Paul Chaplet, o peruano Luis Barco Leon, o australiano Kerry Mountcastle e o checo Jan Hellema.

    Quanto a Pedro Lencart, jogador de Miramar que está no seu primeiro ano na University of Central Florida, em Orlando, onde compete pela equipa dos Knights, somou 292 (74-73-72-73), 4 acima do Par.

    “Uma boa participação, com indicadores muito interessantes sobre o jogo dos atletas neste início de época. Demonstraram bom desempenho no campo, na estratégia e na execução.”, disse o treinador nacional adjunto Hugo Pinto, que liderou a comitiva lusa em solo chileno.

    E acrescentou: “Resultado típico de primeiro torneio do ano, com falta de ritmo competitivo, na melhor participação nacional de sempre nesta prova. Balanço final muito positivo, com mais confiança para as próximas participações.”

    O canadiano Chris Crisologo (72-69-71-69) revalidou o título ao bater o costa-riquenho Luis Gagne (68-72-69-72) no play-off, depois de ambos terem terminado empatados na frente com 281 (-7).

    Fotografias: João Girão em competição no Chile (1); a comitiva nacional presente na prova, com o treinador Hugo Pinto e os atletas João Girão e Pedro Lencart (2)

    Gabinete de Imprensa da FPG