ESPETÁCULOS: Agenda cultural no trabalho

    Espetáculos ao vivo sem ter que sair do trabalho? É esta a promessa do GIGS at WORK, um projeto que materializa uma agenda cultural e de entretenimento regular, em ambientes de trabalho, com a missão de aproximar a cultura daqueles que têm menos tempo para a consumir.

    O local escolhido para estrear o conceito foi o LACS – Communitivity of Creators, no Cais da Rocha do Conde de Óbidos. Um edifício dedicado às indústrias criativas onde têm sede várias empresas e empreendedores e onde o GIGS at WORK não só oferece uma agenda cultural, com dois concertos por mês, como acaba por promover momentos denetworking entre os inquilinos do espaço e convidados de outras empresas. Os protagonistas destes momentos musicais são artistas com provas dadas de grande talento e projeção nos media, no circuito de live music e de festivais. É o caso de Zé Vito, um dos artistas que já passou pelo palco do GIGS, que lançou no passado mês de novembro o seu quarto álbum (o primeiro editado em Portugal) e que atuou recentemente no Super Bock em Stock, além de ter tocado com os maiores nomes da música brasileira como Céu, Tony Allen ou Jards Macalé, e de Serushiô, que já passou pelos palcos de Paredes de Coura, Eurosonic, Canadian Music Week, entre outros.

    Os concertos (ou gigs – termo que designa uma performance musical ao vivo) estão, não só, abertos aos colaboradores do local em que se realizam como, também, a convidados externos, podendo também ser acompanhados via live streaming, no site oficial da iniciativa, em www.gigsatwork.com.

    A agenda até ao verão já se encontra fechada e o próximo GIGS acontece hoje, dia 20 de fevereiro, pelas 18h00, com concerto dos Light Gun Fire, um dos mais recentes protótipos musicais portugueses, que combina sonoridades como o funk, o soul, o disco e o r&b, num estilo eletronic-pop. Já no próximo dia 27 de fevereiro é a vez dos Whales – vencedores do festival Termómetro 2015 – mostrarem do que são feitos, depois de um álbum editado (2018), concertos em palcos nacionais e internacionais e uma nomeação aos Berlin Music Video Awards.

    Para os próximos meses, a agenda está repleta de grandes momentos, ao som de:

    13 de março – Omiri | 27 de março – Holy Nothing | 3 de abril – Zabinar Aliens | 18 de abril – Madre Paz | 8 de maio – Carapaus | 22 de maio – Time for TJanice | 19 de junho – Quinta Feira 12 | 26 de junho – Yellow Dog Conspiracy / Tiago Saga | 10 de julho –We Bless This Mess | 18 de Julho – :Papercutz