Início Região COIMBRA: Inov C 2020 atribuiu bolsas

    COIMBRA: Inov C 2020 atribuiu bolsas

    O projeto INOV C 2020 atribuiu em 2018 duas Bolsas de Prova de Conceito a inovadores projetos nacionais de investigação científica. Em desenvolvimento na Universidade de Coimbra, ambos os projetos são da área da saúde. No campo da oftalmologia, o projeto InEye conta com um financiamento de 50.000€ e o projeto Sleep Apnea ID, direcionado para a questão dos distúrbios de sono, conta com um financiamento de 40.000€.

    As Bolsas de Prova de Conceito pretendem incentivar os promotores dos projetos de Investigação & Desenvolvimento a explorar o potencial comercial dos mesmos, valorizando os resultados científicos que possam ser alvo de licenciamento ou de constituição de uma spin-off de base tecnológica num prazo de 1 ou 2 anos. Na seleção dos projetos, o INOV C 2020 teve em consideração o potencial de teste e validação de conceitos teóricos, com vista à criação de protótipos que possam atingir os níveis 4 e 5 na escala “Technology Readiness Levels”.

    Para Amílcar Falcão, Vice-Reitor da Universidade de Coimbra «é fundamental facilitar a transferência da tecnologia mais inovadora para o tecido empresarial, de forma a garantir sua a aplicabilidade e utilidade para a população. Tanto o projeto InEye como o Sleep Apnea ID resultam de atividades de I&D com potencial de mercado, correspondendo a soluções efetivas na área da saúde, nomeadamente nos campos da oftalmologia e dos distúrbios do sono. A seleção destes dois projetos da Universidade de Coimbra reforça o posicionamento da instituição neste campo».

    Os dois projetos de investigação científica selecionados para as Bolsas de Prova de Conceito, InEye e Sleep Apnea ID, totalizam um investimento de 90.000€. As verbas estão a ser disponibilizadas aos promotores dos projetos para aquisição de bens, serviços e recrutamento de bolseiros de investigação até ao final de março de 2019. Neste momento, 12 pessoas constituem as equipas científicas, representando o total de recursos humanos alocados aos dois projetos.

    As Bolsas de Prova de Conceito são dirigidas a investigadores e docentes de centros de investigação do centro do país (Universidade de Coimbra, Instituto Politécnico de Coimbra, Instituto Politécnico de Leiria e Instituto Politécnico de Tomar).

    INOV C 2020 financia outros projetos inovadores

    O valor global atribuído às Bolsas de Prova de Conceito representa 6% do investimento associado ao INOV C 2020. Entre outras iniciativas financiadas ou cofinanciadas pelo INOV C 2020 encontram-se as Bolsas de Ignição, atribuídas em julho de 2018 a quinze projetos de investigação científica com aplicabilidade comercial. As Bolsas de Ignição representam um investimento total de 150.000 mil euros, com um financiamento FEDER máximo de 8.500€ por cada bolsa.

    Do consórcio INOV C 2020, liderado pela Universidade de Coimbra, fazem parte dez parceiros nucleares: o Instituto Politécnico de Coimbra, o Instituto Politécnico de Leiria, o Instituto Politécnico de Tomar, o Instituto Pedro Nunes, o ITeCons, o SerQ, a ABAP, a Obitec e o TagusValley. O INOV C 2020 conta ainda com o apoio de mais de 600 parceiros complementares.

    O INOV C 2020 é um projeto estratégico cofinanciado pelo Centro 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), com um prazo de execução compreendido entre 18 de abril de 2017 e 17 de abril de 2019. Os parceiros executarão um investimento total de 1.627.614€, sendo o montante de 1.383.472€ financiado pelo FEDER.

    O objetivo do projeto INOV C 2020 é consolidar a Região Centro enquanto referência nacional na criação de produtos e serviços ligados à área de Investigação & Desenvolvimento. A consolidação do Ecossistema de Inovação, através da incorporação de uma oferta ampla de recursos, infraestruturas e respostas a desafios específicos, faz também parte da sua missão. O INOV C 2020 segue-se ao Programa Estratégico INOV C, executado entre 2010 e 2015.